terça-feira, 24 de março de 2009

Por que? Por que? Por que?[3]

"A maior atitude de amor é dar a sua própria vida", uma vez eu li uma reportagem de um prédio que começou a pegar fogo e o único meio de sair dele era através do elevador, então o ascensorista subia e descia com pessoas dentro, chegou um momento em que disseram para ele, "É melhor você parar porque o fogo está muito forte", mesmo assim ele continuou subindo e descendo, depois seu corpo foi encontrado carbonizado, mas muitas vidas foram salvas por causa desse ato. Provavelmente ele não era amigo de todos os que salvou, talvez nem os conhecesse, mas foi até o final para ajudar aquelas pessoas.
Essa foi uma atitude que realmente me deixou impressionado, mas ainda acredito que há outra ainda maior, uma que tem passado pelos séculos e milênios, que tem salvado milhares de vidas. Nesta altura você já deve saber que falo da atitude de amor de Jesus Cristo. Talvez você já tenha ouvido falar dessa história muitas vezes, sempre a mesma coisa, mas quero conta-la de uma forma diferente. Se você tiver curiosidade e coragem de ler, entre nos próximos dias, eu acredito que depois de ler e entender de verdade essa história, sua vida nunca mais vai ser a mesma...

sexta-feira, 20 de março de 2009

Por que? Por que? Por que?[2]

Então se não nascemos por acaso, se não somos um acidente, o que estamos fazendo aqui? Por que a humanidade age dessa forma?
Acho que as coisas são simples, mas nós complicamos tudo. Acredito que o homem nasceu com um propósito, que é amar e ser amado, porque se não fosse assim todos nós viveríamos isolados. Infelizmente nem todos entendem isso e começam a viver como se o mundo girasse em torno deles, em outras palavras, de uma forma egoísta, sem se lembrar que o amor é um sentimento que gera importancia do outro.
Por isso escrevo sobre questões cotidianas, sobre situações em que mostram que muitas vezes nosso orgulho, nossa ganância, nossa inveja faz com que amemos mais as coisas do que as pessoas. Pelo fato de nascermos para amar, amamos as coisas, mas a pergunta é: "Essas coisas nos amam também?" Objetos não tem sentimentos, não tem vida. Por isso é dever da humanidade se amar.
O amor não é algo que se explica com palavras, mas pode ser demonstrado através de atitudes. Ouvi que a maior atitude de amor é dar a vida por outra pessoa, e acredito que isso é verdade...
Continua...

segunda-feira, 16 de março de 2009

Por que? Por que? Por que?

Tenho falado sobre cotidiano, sobre escolhas, sobre viver sem se arrepender, mas qual é o verdadeiro motivo disso tudo? Por que digo essas coisas?
Gosto bastante de refletir nessas questões, um dia me falaram uma coisa e acredito nisso até então. "Não fomos criados por acaso, não somos um acidente..."
Continua...

domingo, 15 de março de 2009

Domingo

Estava reparando hoje, assim como os dias de chuva, domingos são dias em que a preguiça aumenta. Por que estou falando isso? Estava voltando para casa depois de comer no shopping e reparei que as ruas estavam muito vazias, eram poucos os que caminhavam também.
Pelos dias que vivi percebi que domingo é o dia de ficar em casa ou ir na casa de um parente ou amigo almoçar, ou então dia de ir ao shopping. É o bendito dia do descanso do lazer, mas então por que não unir o útil ao agradável? Passando então esse dia na companhia das pessoas que amamos, nem que for somente para descansar perto delas, conversar um pouco, rir, ver futebol na tv ou qualquer outra coisa, o importante é aproveitar esse dia que estamos mais livres das obrigações.

quinta-feira, 12 de março de 2009

A razão dela ficar brava comigo

Muito bom. Esse é um programa japones onde eles fazem alguma encenação diferente com a ajuda do fundo preto.

video

quarta-feira, 11 de março de 2009

Oportunidades

Bem, ontem escrevi um pouco que escolhas são difíceis, hoje voltarei a escrever rapidamente sobre isso e ainda incluirei o assunto "oportunidades" no post.
Devido ao acontecimento de ontem (assumi uma responsabilidade) como disse teria que me reprogramar semanalmente, hoje depois da aula comecei a fazer isso, fui resolver um assunto por isso perdi os ônibus principais, depois de ter resolvido o assunto, estava indo em direção ao ponto de ônibus até que vi um com poucas pessoas dentro, pensei se corria ou se esperava, e como não tinha horário pra voltar eu resolvi esperar. Péssima escolha, fiquei entre 30 a 40 minutos esperando um ônibus que eu conseguisse entrar, pois os outros 3 que passaram estavam simplesmente lotados. Então pensei, "se tivesse feito a escolha certa e agarrado a oportunidade eu já estaria almoçando em casa". Na vida temos que fazer escolhas e isso não é fácil (como já disse ontem) e ainda devemos ficar atento as oportunidade que nos aparece, porque pode fazer muita diferença agora ou no futuro. O exemplo que eu vivi é bem simples, mas isso poderia ter sido num assunto mais sério. Completando o post de ontem, depois de darmos o primeiro passo devemos ficar atentos as oportunidades e assim caminhar passo após passo até atingir o objetivo final.

terça-feira, 10 de março de 2009

Escolhas

Hoje entrei numa situação em que precisava decidir algo importante em alguns minutos talvez até segundos, falei que assumiria um compromisso e depois fiquei pensando se realmente era aquilo que eu queria, talvez ainda desse tempo de recusar, mas pensei bastante e resolvi tentar refazer meu planejamento semanal, espero que dê certo. Escolhas são complicadas, elas podem mudar o rumo da vida, por isso é importante ver se aquela escolha vale a pena, se valer não adianta ficar esperando ela vir até você, mas quando almejamos algo precisamos dar o primeiro passo para assim as coisas começarem a acontecer e então andar passo após passo até atingir o objetivo final.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Falta de consciência

De um tempo pra cá tenho visto uma situação bastante incomoda, estudo em um lugar perto de um hospital e sempre o ônibus por volta do meio dia vai lotado. O hospital é o último ponto, então quando o ônibus chega lá está cheio de estudantes, dentro dele tem os assentos preferenciais para gestantes, idosos e deficientes, mas infelizmente os estudante simplesmente não se importam com isso e pensam apenas em si mesmos, buscando o conforto de ir embora sentado, sem pensar nos que realmente necessitam daquele assento. Até quando os jovens serão egoístas ao ponto de não pensar que um dia serão idosos também? E também até quando a empresa estará preocupada somente com seus lucros se esquecendo que transporta seres humanos e não animais?
Para terminar esse post rápido, uma frase hoje me chamou atenção, vou reescreve-la com minhas palavras "Uma das piores coisas para o ser humano é ver que o que ele fez foi em vão e/ou não valeu a pena", meu professor disse isso relacionado ao curso, mas considero isso aplicado para vida, e você o que acha disso?

domingo, 8 de março de 2009

Dilema cruel

Quase uma hora de manhã e me encontro em um cruel dilema: "Comer ou dormir?Eis a questão."
Já ouvi frases "comer dá sono e dormir dá fome", e então o que fazer? Não comi direito essa noite e não dormi atarde, então não tem algo que eu queira mais...No fim das contas, comerei depois dormirei e ponto final.

sábado, 7 de março de 2009

Foco e felicidade

Li ontem uma história interessante sobre um empresário e um pescador, vou reconta-la com minhas palavras.
"Estava um empresário rico de férias em uma bela praia caminhando pela areia quando ele encontra um pescador puxando um barco com alguns peixes dentro, então começa a acompanhar a rotina desse pescador, pela manhã ele pesca depois volta para casa para almoçar com a família e atarde fica conversando com seus amigos. Ao ver essa rotina o empresário começa a fazer perguntas ao pescador, 'Se nesse mar há tanto peixe, por que você não trabalha o dia inteiro? Assim você não poderia comprar outro barco? Contratar outros pescadores? Até abrir uma loja e vender os peixes que sobraram para o exterior?'. Depois de ouvir e tentar responder o pescador troca de papel e resolve perguntar 'Mas por que o senhor está me dizendo isso?' e o empresário lhe responde 'Ora, assim quem sabe você não fique rico, consiga comprar uma casa nessa bela praia, pescar somente de manhã e passar o resto do dia com seus amigos e família.'
Às vezes ficamos tão pressionados pelas exigências que nos é colocada, pelo dinheiro, pelo trabalho que esquecemos da felicidade, essa pode ser encontrada também nas coisas simples. Vamos ter o foco no lugar certo, assim com certeza seremos felizes. Afinal quem não quer ser feliz?

quarta-feira, 4 de março de 2009

Nobody's watching

video
Um vídeo para descontrair e rir um pouco, é sobre coca diet e mentos e outras experiências do mesmo tipo.

Mudanças

Semana passada comprei um guarda-roupas novo, pedi para o dono vir montar ele na segunda, mas ele veio aqui só ontem, na terça. Depois de ter dado um bom trabalho, conseguimos montar, ele ao finalizar me disse "Certinho?", e eu respondi "Aham, tudo ok". Mais tarde, depois de organizar as minhas coisas fui mexer na porta do guarda-roupas, acabei então vendo que tinha alguma coisa errada, a porta não fechava direito, não sou marceneiro e fui tentar consertar, peguei a chave de fenda e mexi no parafuso, a porta piorou, depois de tentar diversas vezes pedi ajuda para um amigo, então ele conseguiu arrumar. Não é a primeira vez que tento mexer em algo e aquilo parece piorar, percebi que muitas vezes na nossa vida ao tentarmos mudar algo que não está legal nos depararemos com situações complicadas que irão nos desmotivar, mas devemos contar com os verdadeiros amigos para então conseguirmos superar a fase difícil de mudança, nessa fase podem vir critícas, risos, mas um pensamento deve estar nas nossas cabeças, "Essa mudança realmente valerá a pena?", se a resposta for SIM, siga em frente, então os verdadeiros amigos aparecerão diante de você para te ajudar.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Despedidas...

Um momento triste da vida é a hora de se despedir de alguém, seja tempoariamente, seja para sempre. O sentimento que fica é que aquela pessoa fará falta de alguma forma na sua vida, pior é quando não aproveitamos o tempo que a pessoa esteve conosco. Então o sentimento de perda aumenta ainda mais, porque nem sempre conseguiremos corrigir os erros que cometemos, tenho falado para tentarmos viver a vida intensamente por isso, porque há momentos que são únicos e para realmente aproveitarmos nossos amigos, familiares, tem uma frase em uma música que diz "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã". Talvez você pense, "Ah, porque vou amar alguém, sendo que ninguém me ama?", durante minha vida estive aprendendo, por mais que não pareça, por mais que você duvide, sempre haverá alguém que te ama, com certeza. Aproveitar o tempo com aqueles que você ama é fundamental para viver intensamente, assim também sempre teremos a certeza de que amamos e somos amados.