domingo, 25 de abril de 2010

E agora José?

Nossa vida nem sempre é da forma que queremos, na verdade muitas vezes acontecem coisas que nós não gostaríamos que acontecesse, por exemplo quando seus planos dão errado e você fica como se fosse na estaca zero. O que fazer quando esse tipo de coisa acontece?
Temos que aprender a lhe dar com os revézes da vida, com as situações adversas e é nessas horas que aparecem aqueles que querem viver.
Até mesmo as crises tem um lado bom, que é quando nós vemos que somos falhos, que somos insuficientes e nessas horas, a mão de Deus continua estendida para nos ajudar a levantar, aí cabe a nós escolhermos se tentaremos com Ele ou seguiremos tentando sozinhos.
Planos frustados, sonhos quebrados é algo tão ruim...apenas aqueles que já passaram por isso sabem como é amargo o gosto da derrota, apesar disso, a Bíblia diz "...o choro pode persistir uma noite,mas de manhã irrompe a alegria."(Salmos 30:5), ou seja, você pode estar vivendo agora um momento de dor, angústia, lágrimas, mas seja paciente e forte, porque isso passará. Confie em Deus e saiba que Ele está disposto a te ajudar, se você quiser.
Se você olhar e ver tudo destruido e se perguntar "E agora José?", lembre-se de que SEMPRE haverá uma mão estendida, disposta a te levantar e dar nova esperança, porque Deus É e sempre será AMOR.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Homens e mulheres.

Tanto homens quanto mulheres talvez não consigam compreender 100% o sexo oposto, talvez isso não seja possível mesmo, mas é de certa forma até engraçado vermos características deles.
Falarei de forma generalizada, nem todo homem e nem toda mulher pode ser dessa forma, mas que nós vemos muitos desses por aí vemos.

Homens são estranhos, cantam, gritam, choram, se abraçam por causa de mais 11 homens correndo atrás de uma bola; tentam mostrar sua virilidade, que são machos, achando que isso realmente impressiona as mulheres; são orgulhosos, principalmente quando o assunto é sentimentos; quando sentem ciúmes fazem de tudo para chamar a atenção, mas negam que aquilo seja ciúme; são agressivos, se não funciona no soco vai no chute; são teimosos, sempre acham que o que fazem está certo; auto-suficientes, acham que eles conseguem sozinho; falastrões, inventam coisas para impressionar os amigos; entre outras coisas.

Mulheres são estranhas, ficam histéricas quando tem uma promoção no shopping; são obsessivas por bolsas e sapatos; consumistas; fazem dietas malucas que assistem na tv; mudam de idéia assim como mudam de roupa; são exageradamente sensíveis, ainda mais quando estão na TPM; mentem falando que estão estressadas por causa da TPM; falam excessivamente; são complexadas sempre se achando gordas, por mais magras que sejam; são extremamente escandalosas; fofocam incansavelmente sobre a vida alheia; levam a novela tão a sério quanto a vida real; entre outras coisas.

Ambos os sexos tem seus defeitos, as coisas que escrevi em cima pode ser defeitos que as mulheres apontam nos homens e vice-versa no cotidiano, ou você NUNCA ouviu nada do tipo?

A conclusão que chego é homens e mulheres são problemáticos, tanto um quanto o outro provavelmente jamais vai conseguir entender o sexo oposto, mas nenhum deles consegue viver sem o outro, pois eles se completam.
Independente dos defeitos, Deus criou homens e mulheres, e os ama de forma igual. Ele os fez não para ficarem brigando, apenas falando mal um do outro, mas para se amarem, ainda que não se entendam completamente.
Homens e mulheres precisam de Deus, para serem transformados, mudados e assim viver de forma mais harmonica do que nós vemos na sociedade nos dias atuais.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Seres humanos que amam, falham...

Li um livro chamado "O obstinado amor de Deus" de Brennan Manning, e uma frase me chamou a atenção. "Os que usam coletes à prova de balas para se proteger do fracasso, do naufrágio e da mágoa nunca saberão o que é o amor."
Aqueles que acham que não precisam de ninguém, que são perfeitos, não conseguirão se achegar a Deus, tanto porque eles acham que não precisam Dele. Apenas os que entendem que são falhos, que são limitados, que são fracos conseguem conhecer o amor de Deus. Os que se fecham para tudo e todos no fim alcançarão apenas a solidão.
Deus não procura pessoas que se acham auto-suficientes, mas aqueles que se chegam a Ele de forma simples, de forma humilde e sincera.
"Tu não queres que eu te ofereça sacrifícios; tu não gostas que animais sejam queimados como oferta a ti. Ó Deus, o meu sacrifício é um espírito humilde; tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido." (Salmos 51: 16-17).

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Fatos da vida.

Despedidas são tristes, mesmo quando são por um tempo determinado. Às vezes me pego pensando "por que tem que ser assim?", e então vem até mesmo o pensamento de questionar a Deus. Parando um pouco para pensar, deixando a emoção do momento, do que adiantaria questionar e se revoltar contra Deus? Isso mudaria as coisas? Isso traria as pessoas de volta naquele instante? Isso faria o tempo voltar? NÃO. Não tem como questionar as coisas de Deus, não tem como questionar a vida, ela é assim e não tem como mudar. Isso está acima da vontade humana. Se não estou enganado já falei algo parecido aqui. E não muda o fato que só nos resta continuar levando a vida, tentando viver de uma forma que valha a pena.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Para quem gosta de Mario Kart

video
Mario Kart - O filme. Não acredito que seja verdade, mas gostei da idéia e achei engraçado.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Individualismo

Observando a sociedade moderna (tema já comentado muitas outras vezes aqui), os avanços tecnológicos são espantosos, com as redes sociais você pode facilmente "conhecer" pessoas de outras cidades e até de outro país, mas esse é o perigo...
As pessoas também tem frequentemente "se escondido" atrás dos computadores e da tecnologia. É tão mais fácil conversar com quem você não vê pessoalmente, porque na internet as pessoas não tem defeitos, são todas pacientes, fiéis, engraçadas, sábias e com inúmeras virtudes.
No mundo real já é bem diferente. As pessoas falham, se magoam, se entristecem. Sendo assim, por que viver no mundo real? Não seria bem melhor se fechar em casa e viver uma vida virtual? Teoricamente sim, mas o ser humano NECESSITA de pessoas ao seu redor, ou então pode ficar depressivo, caso não sinta o afeto de outras pessoas. A depressão é uma doença séria e mata se não for tratada.
Acredito que por fim, no resta o desafio de conviver, perdoar, tolerar as pessoas, pois isto é amar, isto é VIVER.